Daniel Perches, do Vinhos de Corte, fala sobre o Icewine 2009 da Pericó (único do Brasil)

Anúncios

VINÍCOLA VILLA FRANCIONI LANÇA VINHO JUAREZ MACHADO DURANTE A RIO WINE AND FOOD FESTIVAL 2014

A vinícola Villa Francioni lança amanhã, 18 de setembro, no Rio de Janeiro, o vinho Juarez Machado, durante a Feira Show que faz parte da programação da Rio Wine and Food Festival. Este ano o evento acontecerá no Clube Naval Piraquê.

O artista plástico catarinense buscou inspiração em São Joaquim, na sede da Villa Francioni, para criar a série de rótulos exclusivos para o vinho que leva o nome dele. O tema aborda os cinco sentidos (olfato, tato, paladar e visão) além do universo exterior e interior, num total de 7 rótulos diferenciados. A partir das telas pintadas pelo artista, foram feitas as reproduções para os rótulos. Além das ilustrações, Juarez Machado também compôs um poema que está no contra-rótulo de cada garrafa. A elaboração do vinho Juarez Machado coube ao enólogo Orgalindo Bettú, que está na empresa desde a fundação, no ano 2000.

O rótulo foi produzido com quatro diferentes uvas: Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc e Malbec, a safra é 2007. O vinho de potente estrutura é complexo e equilibrado, lembra os sabores de café torrado. Permaneceu em estágio mínimo de 15 meses em barris de carvalho francês. O teor alcóolico é de 14%. Harmoniza com carnes assadas ou em molhos bem condimentados.

Além da presidente do conselho da Villa Francioni, Daniela Borges de Freitas, o filho do artista plástico, João Machado, estará representando o pai no evento de lançamento.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Vinho tinto da Villaggio Grando dará a volta ao mundo com a família Schurmann

Villaggio Grando estará presente na Expedição Oriente da família Schurmann. O  espumante oficial da expedição será da vinícola catarinense, com rótulo exclusivo para a aventura. Além disso, uma garrafa de vinho tinto Innominabile vai acompanhar a expedição e dará a volta ao mundo. No rótulo a assinatura de toda a tripulação. O Innominabile será o primeiro vinho tinto a dar a volta ao mundo em um veleiro. “Para nós é uma honra imensurável fazer parte desta aventura. Participar da expedição oriente significa dizer que estamos abertos para o mundo, e ver nossos vinhos sendo bebidos nos locais mais inusitados dele é uma grande satisfação”, afirma Bernardo Grando, da VG.

A Expedição Oriente vai durar dois anos, os velejadores catarinenses percorrerão cerca de 30 mil milhas (ou seja, quase 50 mil quilômetros), passando por 4 oceanos, cerca de 50 portos, 29 países de 5 continentes.

Aventura de proporções inéditas, é inspirada na polêmica teoria de que os chineses foram os primeiros navegantes a darem a volta ao mundo. Assim, os Schurmann percorrerão parte da rota dos chineses, iniciando um novo capítulo da história que teve início há exatos 30 anos, quando decidiram transformar a sua vida para realizar um sonho.

Fonte: Assessoria de Imprensa