Joaquim em Belo Horizonte

Esta semana tive o prazer de fazer um curso de Marketing com o prof. Leandro Araújo, autor do livro Empresas Proativas e professor da Fundação Dom Cabral. O interessante foi saber que, além de um expert em vinhos, Leandro aprecia o rótulo Joaquim, da Villa Francioni. Segundo ele, em Belo Horizonte é possível adquirir a garrafa de Joaquim por R$ 100 cada.

Minha recomendação é fazer uma visitinha a São Joaquim e adquirir a garrafa in locco por R$ 40.

Abraço!

Vinícola Villaggio Grando está de olho no mercado do Rio de Janeiro

Vinícola catarinense Villaggio Grando comemorou juntamente com os torcedores do Flamengo o tri campeonato da Copa do Brasil. A vinícola foi a escolhida para fornecer os espumantes com o rótulo do clube. A parceria já dura um ano e as vendas estão em alta. Além do Flamengo, a VG acaba de fechar também com o Botafogo para fornecer vinhos tintos, espumantes brut e rosé. A vinícola catarinense começa 2014 de olho no mercado do Rio de Janeiro. Está negociando com os sócios da Jazz In’ Champanheria, localizado no centro do Rio, na Praça Mauá, no sobrado de um casarão tombado, a venda do espumante no local. “O Rio tem um enorme potencial para o mercado de vinhos e tem pouca presença de espumantes catarinenses. Estamos trabalhando para conquistar uma fatia deste mercado”, afirma Guilherme Grando, diretor comercial da marca. O espumante Brut da VG este ano, foi eleito o melhor espumante nacional, no concurso TOP TEN da Expovinis 2013, ouro em Bruxelas e prata em Miami.

Fonte: Assessoria de Imprensa

SC sedia o Colóquio Internacional do Vinho, um evento da Unesco

Pela primeira vez será realizado no Brasil, em Santa Catarina, o Colóquio Internacional do Vinho, Patrimônio, Turismo e Desenvolvimento, um evento organizado pela Unesco, a Associação dos Produtores de Vinhos Finos de Altitude de SC (Acavitis), a Universidade Federal do Paraná e o Instituto Federal de Educação de Santa Catarina. Estudiosos de sete países vão apresentar [entre os dias 3 a 5 de dezembro] em Florianópolis mais de cem trabalhos sobre os aspectos econômicos, culturais e históricos da bebida que é uma das mais nobres do mundo. Após três dias de apresentações, o grupo fará uma viagem técnica a vinhedos do Estado. Serão visitadas as vinícolas Monte Agudo e Abreu Garcia em São Joaquim, Casa Pisani em Campos Novos, Kranz em Treze Tílias e Villaggio Grando em Água Doce. O evento conta com o apoio do Sebrae/SC e da Santur. A Unesco é o órgão da ONU para a educação, a ciência e a cultura.

Fonte: http://wp.clicrbs.com.br/estelabenetti/2013/11/27/sc-sedia-o-coloquio-internacional-do-vinho-um-evento-da-unesco/?topo=67,2,18,,,77

Vídeo mostra momento em que tornado atinge a Villa Francioni, em São Joaquim na Serra de SC

http://videos.clicrbs.com.br/sc/diariocatarinense/video/diario-catarinense/2013/11/leitor-registra-tornando-sao-joaquim/52295

Um vídeo divulgado no último sábado na internet mostra o exato momento em que um tornado atingiu São Joaquim, na Serra Catarinense. O fenômeno aconteceu no dia 11 deste mês e foi confirmado por especialistas. As imagens foram gravadas pelo designer gráfico Ricardo Simone, de 34 anos, morador de Florianópolis.

Era por volta de 19h daquele dia quando ele estava na Vinícola Monte Agudo, ao lado da Villa Francioni, quando viu a forte tempestade se formar em um vale nas proximidades. Como já havia filmado um pôr do sol no mesmo lugar, Ricardo quis registrar o contraste dos dois eventos para colocar em um vídeo que está produzindo para o site da vinícola.

Até que a tempestade ganhou muita força e se aproximou rapidamente do receptivo da vinícola, e Ricardo precisou ser alertado pela namorada, a empresária Patrícia Ferraz, de 35 anos, que estava no interior da casa.

— Ele nem sabia o que estava gravando, e quando eu vi a nuvem, abri a porta e o chamei. Já morei nos Estados Unidos, e lá é comum acontecer tornados. Por isso eu sabia que tinha de correr para dentro do banheiro. Teve um momento em que eu achei que ia voar tudo —, conta Patrícia.

Ao ser chamado pela namorada, Ricardo correu para o receptivo e se escondeu debaixo de uma mesa. Ele viu os móveis sendo arrastados pelo vento e ficou assustado, e só após o tornado, que durou cerca de três minutos, é que Ricardo percebeu os estragos na estrutura, como destelhamento da cobertura e vidros quebrados, e o risco a que estava exposto.

— A câmera voou, e quando vi o vídeo percebi o que era. Cheguei a ver os funis descendo do céu e tocando o solo, mas achava que era só uma tempestade. Se eu soubesse que era um tornado vindo exatamente em nossa direção teria embarcado no carro e saído de lá imediatamente.

O tornado provocou estragos no receptivo da vinícola, e os prejuízos são calculados. Perto dali, um galpão de tijolo desabou e aproximadamente 15 araucárias foram arrancadas do solo com raiz. Já na área industrial, em direção a Bom Jardim da Serra, três barracões de empresas de maçã foram danificados. Na mesma região, fios de alta tensão caíram sobre a SC-114, mas a rodovia foi liberada ainda durante a noite. Ninguém ficou ferido ou desabrigado.

Fonte: http://diariocatarinense.clicrbs.com.br/sc/geral/noticia/2013/11/video-mostra-momento-em-que-tornado-atinge-sao-joaquim-na-serra-de-sc-4344722.html

Avenida Paulista Pizzeria faz uma seleção de Vinhos da Pátria para a Copa do Mundo

Além de traduzir os menus para o Inglês e o Espanhol, reformatar o cardápio e treinar a equipe, o Avenida Paulista Pizzeria preparou mais uma surpresa para receber os turistas da Copa do Mundo: uma carta com Vinhos da Pátria. Segundo Roberto Magnani, sócio-proprietário do restaurante, são mais de 15 rótulos brasileiros incorporados à adega da casa, selecionados pelos enólogos Marcos Rachelle e Washington Uchoa.

Uma das regiões contempladas foi o Vale dos Vinhedos, localizado na Serra Gaúcha e inserido no encontro dos municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi, Flores da Cunha e Monte Belo do Sul. Também foram incorporados vinhos da Serra Catarinense, único lugar no país onde neva todo ano, e que engloba as cidades de São Joaquim, Campos Novos e Caçador. Por fim, são apresentados os vinhos de São José dos Pinhais, cidade localizada a 40 quilômetros de Curitiba, provenientes da Vinícola Araucária, que tem quatro hectares de plantação aos pés da Serra do Mar.

Conheça alguns dos novos rótulos de vinhos do Avenida Paulista Pasta Pizza i Vino:

Região Vale dos Vinhedos:

• Quorum Grande Vindima – uvas C. Sauvignon/Merlot/Tanat/C.Franc. – Lídio Carraro: R$ 185,00;

• Faces – Vinho Oficial da Copa – Cabernet Sauvignon/ Petit Verdot – Lídio Carraro: R$ 69,00;

• Dádiva Moscatel – Lídio Carraro: R$ 48,00;

• Naturelle Amabile – Malvásia/ Moscatel – Casa Valduga: R$ 41,00

Região Serra Catarinense:

• Torii Cabernet Sauvignon – Cabernet Sauvignon– Vinícola Hiragami’s: R$ 110,00

Região São José dos Pinhais:

• Angustifólia Cabernet – Cabernet Sauvignon – Vinícola Araucária: R$ 75,00

• Poty Lazzarotto – Espumante Brut – Vinícola Araucária: R$ 88,00

Serviço:

O Avenida Paulista Pizzeria funciona nos seguintes horários:

Segunda-feira a sexta-feira no almoço, das 12h às 14h30. Já no período da noite o restaurante funciona de domingo a quinta-feira, das 18h30 às 00h e sexta-feira e sábado das 18h30 à 01h.

Perfil: Avenida Paulista Pizzeria

O Avenida Paulista Pizzeria foi eleito a melhor pizzaria de Curitiba no VEJA Curitiba – O Melhor da Cidade, Prêmio Gula e Prêmio Bom Gourmet. Além disso, possui o Certificado Internacional de Excelência por honrarias do TripAdvisor. O cardápio oferece pizzas genuinamente paulistas assadas no forno a lenha, além de massas, saladas, grelhados, sobremesas, bem como uma adega com diversos tipos e marcas de vinhos importados. Tem mais de 30 sabores de pizza, um ambiente com música ao vivo, sem couvert artístico, faz reservas para festas e eventos. Na unidade Curitiba oferece o serviço de delivery diariamente pelo telefone (41) 3322-1441 ou site avenidawebdelivery.com.br e, no almoço, oferece pastas artesanais. A casa também tem uma filial em Brasília.

Fonte: http://www.paranashop.com.br/colunas/colunas_n.php?op=gastronomia&id=27793

Villaggio Grando e os vinhos para o verão – dica para o feriado

Villaggio Grando lança dois vinhos brancos safra 2012

Vinícola Villaggio Grando que acaba de lançar dois novos vinhos brancos da safra 2012, o Chardonnay e o Sauvignin Blanc, se prepara para receber um grande número de turistas neste feriadão de 15 de novembro, em Água Doce, Santa Catarina. Durante as visitas, os turistas já poderão degustar os novos vinhos e espumantes, todos ideais para a temporada de verão. O vinhedo da uva chardonnay é cultivado a 1.300 metros de altitude, em espaldeira e as uvas foram colhidas em abril do ano passado. O vinho foi engarrafado em fevereiro deste ano, e existem apenas, 5.056 mil exemplares do Chardonnay e 2.086 do Sauvignon Blanc. Os novos vinhos não estagiaram em barricas de carvalho.

Sauvignon Blanc Villaggio Grando/Safra 2012

Estilo: Vinho varietal

Descrição:

Visual – Coloração amarelo esverdeado, juntamente com suas lágrimas demonstra, à primeira vista, o cuidado com que foi elaborado.

Nariz – É marcado por um intenso e amplo aroma que inicia com toques vegetais florais e minerais e encantam quando partem a frutas tropicais.

Boca – Fresco, vivo e delicado, principalmente pelo fato de ser um pouco mais mineral, condição que levou ao não uso de barricas de carvalho para, justamente, não perder estas características. É frutado, porém com suavidade e possui acidez equilibrada.

Características:

Este vinho, de bom corpo tem sua graduação alcoólica em 12,8ºGL, porém, se mantendo muito equilibrado. Por fim, sua persistência revela uma grande característica dos vinhos finos de altitude.

Chardonnay Villaggio Grando/Safra 2012

Estilo: Vinho varietal

Descrição:

Visual – Por causa da completa maturação das uvas, o vinho exibe uma coloração amarelo palha, brilhante e transparente.

Nariz – É um vinho de muita força aromática, principalmente marcado por aromas florais, como flor de laranjeira, também lembrando mel, amêndoas e fumaça, por mais que não tenha estagiado em barricas.

Boca – Harmonia gustativa se baseia em sua mineralidade, força em álcool e acidez equilibrada que lhe prestam vitalidade e vivacidade. Este é um exemplo de vinhos brancos que tendem a evoluírem em garrafa. Este vinho pelas condições de frescor que apresenta, não estagiou em barricas de carvalho para assim mantê-lo. Este vinho de bom corpo se mostra muito redondo e de grande persistência aromática.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Vinícola D’Alture participa do Encontro de Vinhos em Curitiba

A Vinícola D’Alture participou no último fim de semana do Encontro de Vinhos realizado no município de Curitiba, no Paraná. O evento aconteceu no Hotel Bourbon e reuniu mais de 30 expositores do Brasil e do mundo.

Esta foi a primeira participação da vinícola em um evento de expressão nacional. “Estamos muito satisfeitos com a participação da D’Alture no Encontro de Vinhos, principalmente, pelo retorno positivo com relação a qualidade de nossos vinhos”, afirmou Roberto Chavez, proprietário da vinícola.

Os apreciadores de vinho deram destaque especial ao Chardonnay Lounge produzido pela D’Alture. “É um vinho realmente diferenciado. O Chardonnay Lounge passou por seis meses em barrica de carvalho francesa de primeiro uso e a graduação alcoólica ficou em 13,4%”, salientou Chavez.

O Encontro de Vinhos é realizado em diversas capitais brasileiras e tem como tradição reunir os melhores rótulos nacionais e importados. A cidade de Curitiba foi a última a receber o evento em 2013.

Fonte: Assessoria de Imprensa